Esta série já era para ter começado mas, por percalços, só hoje sai o primeiro post. Ainda assim penso que é importante ir incentivando para conseguirmos cumprir as metas que estabelecemos a 1 de Janeiro.

partilhei aqui quais foram as minhas metas para 2018 e, disse que vos ia ajudar a cumprir as vossas! O primeiro post tem uma razão de ser: organização para cumprir cada uma delas. Sinto que desde que comecei a organizar-me melhor que é mais fácil para mim cumprir os objectivos que vou estabelecendo.

O que melhor funcionou para mim foi, além de estabelecer objectivos anuais, definir pequenas metas mensais que me ajudassem a chegar ao que eu realmente queria. Se por exemplo queria perder 10kg, definia todos os meses pequenos objectivos como “fazer exercício X vezes”; “Perder 1kg” ou anotava os progressos que ia tendo.  Se queria ler mais estabelecia um livro para cada mês. Coisas pequenas que ajudassem a chegar ao grande ponto de interesse.

Então hoje partilho com vocês alguns dos meus métodos favoritos de organização para que possam encontrar aquele que mais vos agrada. Podem sempre adaptar cada um deles e planear os vossos objectivos de forma a que se adaptem à vossa rotina.

Ao longo deste post podem carregar em cima das imagens para irem dar à fonte das mesmas. Seja a nível de lojas ou de instagrams/pinterests de onde as tirei.

Agendas

Para quem gosta de praticidade e rapidez as agendas pré-feitas são o ideal. Há imensas, encontram-se em todo o lado e de certeza que conseguem uma que seja a vossa cara. Há agendas mais simples, mais a preto e branco, básicas. Ou modelos mais coloridos, fofinhos, chamativos. Tudo depende do que preferem.

Eu sou fã da Mr Wonderful e falo-vos delas neste post. Para mim uma agenda tem que ser espaçosa, de argolas preferencialmente, com capa dura, elástico para a manter fechada e, por dentro, colorida e chamativa sem exageros. É por isso que adoro a Mr Wonderful. Embora tenham modelos mais pequenos eu adoro o tamanho A5 e por dois anos seguidos que são a minha escolha no que toca a agendas pré feitas.

No que toca ao blog uso também um modelo assim mas da Purple Pinneaple Design. São agendas feitas à mão, maravilhosas que eu adoro igualmente! A única coisa que não têm é o elástico. Mas são de argolas, super resistentes, o papel é muito suave e confortável para escrever, a tinta das canetas que uso não passa – nem sequer há ghosts.

 

Agenda diária

Foi a minha escolha para este ano. As folhas são super espaçosas, têm espaço para tudo e mais alguma coisa. Consigo marcar datas importantes, fazer to-do lists e ainda tirar notas de alguma coisa que precise. Além disso, quando tenho um dia menos preenchido, uso as folhas que ficam mais vazias para tirar ideias e apontamentos. Tem ainda espaço para notas, horários, autocolantes e- este ano – posts its.

 

 

 

 

Agenda Semanal

Foi o modelo que usei o ano passado e adorei. Para quem tem dias menos preenchidos é o ideal. Tem espaço para o que é necessário e ainda tem várias páginas de notas para apontamentos.

Também traz os autocolantes, os separadores, os post-its e várias outras páginas fofas que a Mr Wonderful já nos habituou.

 

 

 

 

 

 

Agenda do Blog

Decidi também mostrar-vos a agenda que tenho usado para o blog. É da Purple Pineapple Design que tem imensos modelos girissimos!

No inicio de cada mês tem, além do calendário, uma parte para To-Do, Prioridades e Notas. Consigo anotar os posts que quero fazer, as redes sociais, ideias que tenha… É muito boa mesmo! Além de que, uma Ravenclaw como eu não resistiu aos pormenores!

 

Bullet Journal

Falo-vos agora de Bullet Journal. Um método que abrange imensa gente. Seja porque gostam de trabalhos manuais, ou da liberdade de serem vocês a construir a vossa agenda ou ainda porque querem coisas muito simples – o BuJo é fantástico. Este ano queria aventurar-me nele mas o caderno que quero imenso comprar está esgotado e difícil de encontrar.

O Bullet Journal é um método de organização que é flexível e se adapta a vocês. Embora grande parte dos exemplos sejam decorados e bonitinhos, vocês podem criar o vosso método de organização apenas com um caderno e uma caneta. Há imensos videos no youtube sobre isto e é um mundo fantástico.

 

A nível de design eu gosto de coisas mais minimalistas com toques de cor. Primeiro porque eu não sei desenhar – falo sério, nem bonecos de palitos ficam bem!  Mas sinto também que o que funciona comigo são pequenas listas, apontamentos e chaves com códigos. A nível de decoração gosto de washi tapes (quem não gosta?) e canetas coloridas se precisar de chamar à atenção de alguma coisa.

O que gosto no BuJo é também a liberdade. Poder encontrar-me no meio da desorganização. Poder escrever qualquer coisa em qualquer lugar porque não há espaço definido para nada.

 

 

 

Além disso vocês podem usar o vosso caderno para tudo e mais alguma coisa.

Há mil temas que podem inserir no vosso Bullet e deixá-lo o mais útil possível. Uma pesquisa pelo pinterest, instagram ou até mesmo no youtube vai encher-vos de ideias para criarem as vossas páginas!

Conseguem ainda dar asas à imaginação e no fim do ano, além de uma agenda, têm um caderno de memórias muito bom.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Quadros

Há pessoas que são mais visuais e não gostam de andar carregadas. Há solução para todos! Na época de faculdade, além da agenda, usava muito quadros para me organizar. Fosse um quadro em branco dos que permitem escrever com marcadores próprios ou quadros de cortiça para por e tirar post-it’s, tudo era útil.

O melhor de tudo é que conseguem criar o vosso método de organização, para a área que for, sem gastar muito.

 

Para quem cozinha muitas vezes sabe o quão difícil é ter ideias para todas as refeições de forma a existir uma ementa variada. Uma ideia para recriar em casa é um quadro que nos permita planear com antecedência as ementas da semana. Além disso conseguimos ainda ter uma ideia dos ingredientes que vão ser precisos para poder fazer as compras semanais. Além de maior variedade de pratos e maior organização conseguimos também poupar.

 

Se clicarem na imagem conseguem aceder ao pinterest e, posteriormente, ao DIY do quadro.

 

 

 

 

Falando em quadros de cortiça temos um outro nível: uma parede de cortiça. Quando for grande quero de certeza ter uma destas no escritório em casa! Mas, um quadro de cortiça fará o mesmo efeito.

Podemos afixar tudo o que queremos de forma a ter não só as memórias como as tarefas importantes sempre à mão.

Além disso há imensas formas de recriar calendários para irmos alterando ao longo do tempo. As informações ficam sempre visíveis e nunca nos esquecemos de nada.

Quem tiver mais jeito para DIYs consegue ainda transformar isto num óptimo ponto de decoração!

 

 

 

 

Filofax

E se falamos em organização não posso deixar de referir o meu método favorito: Filofax. Embora possa ser bastante semelhante ao bullet journal tem diferenças.

Comecei a usar Filofax há poucos anos mas rapidamente me apaixonei e hoje tenho uma pequena colecção destes planners que têm como único defeito o preço. Para quem conseguir resistir ao vicio e comprar apenas um consegue poupar de certeza.

A Filofax é um sistema de organização num planner estilo dossier, de argolas, onde vocês conseguem colocar, tirar, reordenar… fazer o que quiserem com as folhas. Embora a marca não seja propriamente barata conseguem encontrar este género de planners bem mais baratos no ebay ou no ali express.

 

Embora seja um investimento inicial, garanto-vos que conseguem poupar depois. Primeiro porque um “dossier” bem cuidado dura anos e anos. Depois porque todas as páginas que lá colocam podem ser personalizadas e feitas por vocês. As recargas de folhas – semanais, mensais, com vários formatos, notas, todo’s, quadriculadas, o que seja – custam bem menos que uma agenda e duram imenso tempo. Conseguem ainda criar os vossos inserts em casa e imprimir por um preço acessível ou, com um pouco de pesquisa, encontram uma infinidade de printables na internet.

É sem dúvida o meu método favorito por diversas razões. Primeiro pela dinâmica que tem. Eu passo horas a criar separadores, a decorar as páginas, a pensar no que vai em cada lado. Mas também consigo ser prática e dividir as coisas rapidamente.

Tenho espaço para as minhas tarefas semanais, para notas que queira tirar, para o blog, para a cozinha… Posso até criar um separador para desenhar rabiscos enquanto falo ao telefone! E, no fim, se não gostar, basta abrir as argolas e tirar as páginas que já não me interessam.

 

 

Além disso depende de mim o peso que a Filofax tem. Posso transportar mais ou me

nos páginas sempre que me apetecer. Há diversos tamanhos – do pocket ao A4 – que servem toda a gente. O meu favorito é sem dúvida o personal. Tem, para mim, o tamanho e o espaço ideal para o que preciso.

Há ainda quem use como carteira. Os modelos pocket são ideias para isso – não só pelo tamanho reduzido mas pelos bolsos que trazem que permitem guardar cartões, dinheiro, talões…

Há ainda vários acessórios que podem comprar para a tornarem ainda mais prática.

O mundo da Filofax não tem fim e a minha wishlist também não (estou a brincar! ou talvez não). Mas tenho a certeza que se encontrarem o modelo que vos preenche as medidas conseguem ser felizes com ele muitos e muitos anos.

 

Apps

E por último, porque nem todos gostamos de papel, falo-vos de algumas apps que vos podem ser úteis.  Embora eu seja pessoa de papel e de coisas manuais, já usei muito apps que me ajudavam a organizar melhor o meu tempo.

 

Embora seja uma ferramenta que não tenho usado muito o Evernote sempre foi a minha app favorita no que toca a organização.

O facto de dar para organizar tudo como queremos, adicionar imagens, áudio, vídeo, todo-list e mais uma infinidade de coisas, aliado a podermos partilhar as informações em vários dispositivos torna-se super prático.

Consigo tirar notas de trabalhos ou reuniões. Planear tarefas ou até posts no blog. Guardar wishlists. Guardar vídeos que gostava. E, o melhor, é que consigo aceder a elas em qualquer lugar.

De todas as apps que testei esta sempre foi a minha favorita pelo ilimitado leque de opções. Conseguem fazer várias coisas gratuitamente e desbloquear ainda mais opções no plano pro (que eu nunca usei).

A par com o evernote sempre usei muito o bloco de notas do telemóvel quando queria anotar coisas rápidas ou o calendário do telemóvel.

Neste tópico pedi ajuda no Let’s Talk sobre apps e as que me sugeriram deixo em baixo:

O Google Calendar, que muita gente usa e dispensa apresentações.

O Wunderlist, que eu também já usei e é óptimo para que tem o hábito de listas para tudo e mais alguma coisa.

E o Google Keep, que eu também já explorei e é igualmente bom.

Há ainda mais duas apps que eu uso actualmente me ajudam a organizar diferentes áreas.

O Wallet é uma app de planeamento financeiro. Permite-nos antecipar os gastos e manter em dia as despesas que já fizemos. Depois dá-nos um gráfico que nos ajuda a perceber quais são as áreas onde mais gastamos dinheiro. Comecei a usá-lo em Setembro e, depois de algumas experiências, sinto que se não uso a aplicação tenho tendência a gastar mais dinheiro do que devia. A mim ajuda-me imenso a controlar as finanças cá de casa. É uma app que vale a pena instalar no telemóvel.

A outra aplicação que uso muito é a Remember the Milk, que também tem versão online. Permite-nos ter controlo sobre várias áreas e plenear as coisas com bastante precisão. Uso-a sobretudo para me ajudar nas compras para a casa. Mais uma vez sinto que se vou às compras sem lista tenho tendência a gastar mais dinheiro e, muitas das vezes, a esquecer-me do que realmente ia comprar.

E já podemos respirar! Chegou ao fim o post sobre organização que eu já queria fazer há tanto tempo. Embora longo tentei falar um pouco de tudo para vos ajudar a serem mais organizados e a planearem melhor o vosso dia.

Espero que tenham gostado e que partilhem comigo os vossos métodos para manterem em ordem a confusão do dia a dia!

Um beijo, Raquel

Comentários

Related Post

Etiquetas:, , , , , ,