Follow:
Opiniões

5 anos sem consumir leite // A minha experiência e opinião

O post de hoje fala de alimentação. É um tema que sempre gera polémica na minha vida e que muitas vezes me deixa cansada de tanto o discutir. Chateia-me especialmente quando o tenho que fazer com pessoas que nunca se questionam, que tomam tudo por garantido e que depois acham sempre que os outros estão errados. Eu aceito sempre outras opiniões, a menos que essas se baseiem em “porque sim” ou “isso é apenas moda”.

Faz 5 anos que não consumo leite – ou derivados. E as melhorias que fui sentido nesse tempo merecem um post.

Tu começou quando, depois de me aparecer a minha lesão óssea no tornozelo, comecei a procurar medicinas alternativas. Acabei por conhecer um naturopata que, durante a primeira consulta, me perguntou: Bebes leite? Eu respondi que sim. Embora não fosse um alimento que eu fosse fã, fazia parte do meu pequeno almoço – todos os dias. Foi-me surgido, então, que experimentasse largar o leite durante um mês e ver como me sentia. E além disso o Naturopata sugeriu também que eu pesquisasse sobre o assunto. Deu-me a sua opinião e, depois da consulta, eu fui pesquisar.

Aprendi que o leite é um alimento que pode ser extremamente inflamatório. Que o ser humano é o único animal que consome leite depois da idade adulta. Que o leite de vaca não tem beneficios específicos para nós. Apenas se convencionou que o podíamos beber! E se fosse leite de macaco? Era igual. Li que muitos médicos associam vários tipos de cancro ao consumo de leite. E, que, ao contrário do que toda a gente pensa, leite não é nem de perto nem de longe uma fonte rica em cálcio. Os legumes são bem mais ricos neste nutriente do que o leite. (Vejam, por exemplo: 10 alimentos ricos em cálcio).

Desde que deixei de beber leite notei melhorias em todo o meu corpo. E, das poucas vezes que tentei ou precisei de consumir leite, jurei para nunca mais.

O meu corpo desinchou a olhos vistos. E numa época em que consumi voltei a inchar. Perdi peso, senti-me menos cansada e sentia o meu organismo a funcionar melhor. Notava o corpo menos inflamado, com mais energia, tudo mais alinhado. Então, depois de perceber que não me fazia bem, cortei por completo.

Depois cortei os derivados. Hoje, o único derivado que consumo é manteiga. No entanto é raro eu comer manteiga pelo que não noto grandes diferenças. Substituí o leite de vaca por leites vegetais e os iogurtes de forma igual. Queijo é o único que compro “sem lactose” apenas porque ainda não descobri nenhum queijo vegetal. No entanto como não sou fã de coisas “sem lactose” tento consumir de forma moderada e esporádica.

De cada vez que consumo lacticínios puros o meu corpo sente. A última vez foi no dia dos namorados. O meu namorado e eu decidimos jantar na Pizza Hut e comer uma Cheesy Bites. Soube-me pela vida porque amo queijo mas, assim que chegámos a casa, a minha dor de barriga era de tal forma intensa que eu não conseguia ficar direita. Caminhava dobrada, não me conseguia deitar e eram dores alucinantes.

Para quem não sabe, o nosso corpo produz lactase. “A lactase é uma enzima que catalisa a  hidrólise da lactose em glicose e galactose.” É indispensável para a digestão da lactose e faz parte da nossa flora intestinal. Sabiam? Eu também não mas foi uma das coisas que aprendi e que hoje em dia explico para quem me diz que é tudo fita. Acontece que, quando vocês deixam de consumir lactose, o vosso corpo já não necessita de produzir essa enzima pelo que, quando voltam a consumir, vai ser mais difícil a digestão. A contrário do que se diz, deixar de beber leite não provoca intolerância ao mesmo. Até porque se vocês não forem intolerantes ou tiverem uma boa resistência não vão sofrer tanto com o consumo de leite.

Existem suplementos alimentares de lactase mas, como nunca tomei, não pretendo falar sobre. Apenas achei importante referir.

Para todas as pessoas que me atacam a dizer que isso são coisas mesquinhas da minha parte, que é apenas uma moda, ou que a industria quer é ganhar dinheiro: pesquisem. Leiam. Parem de engolir tudo o que vos dão sem se questionarem. Façam o teste, oiçam o vosso corpo e comprovem. Além disso o tabaco e o açúcar também eram considerados benéficos para a saúde e, anos mais tarde, a verdade foi descoberta.

Eu sou da opinião que o leite faz mal sim. Que não é necessário para a nossa saúde. Que há alimentos muito mais ricos e benéficos para nós. E que não sou um bezerro para tomar leite de vaca.

Substitutos.

Como há várias pessoas que gostam de lacticinios eu deixo aqui as minhas sugestões de alternativas mais saudáveis.

A nível de leite sou fã do Leite de coco da Alpro. Foi o que eu encontrei até hoje com menos açucares e calorias. Além disso é super fresquinho, saboroso e fica bem em várias receitas. Acreditem: a primeira vez que o meu namorado cozinhou para mim fez bifes com cogumelos e usou este leite.

Além disso gosto da bebida de aveia da Área Viva do Continente. É barato e muito saboroso. Não tem muito açúcar. Um dos meus “pecados” é a bebida de avelã que é tipicamente mais calórico porque a própria avelã é um fruto com mais gordura. No entanto fica especialmente bem em bebidas de inverno.

A nível de Iogurtes adoro os da marca continente de soja, mas não arranjei foto.

Leituras

E se alguém quiser ler sobre o assunto deixo alguns textos que considero interessantes. Além disso deixo-vos o facebook do Dr. Barakat que foi alguém que descobri nas minhas pesquisas e fiquei fã.

Podem pesquisar no google e ler muito mais.

Quero no entanto dizer que cada um faz o que quer com o seu corpo e nem todos os organismos funcionam de forma igual. Por isso todas as decisões que vocês tomarem devem ser sempre a pensar no melhor para vocês. Procurem é sempre saber mais e não tomem por certo tudo o que vos dizem.

Um Beijo, Raquel

Comentários
Share on
Previous Post Next Post

You may also like

2 Comments

  • Reply Andreia Morais

    Muitas vezes, como referes, tomamos determinadas informações como verdades absolutas e depois não nos questionamos sobre as mesmas. É importante ter uma mente aberta e saber ouvir o que os outros têm para nos dizer, até porque ninguém é dono da razão e podemos aprender muito ao escutar os pontos de vista das outras pessoas, pelo simples facto de nos apresentarem alternativas e realidades que desconhecíamos.
    Tenho imensa curiosidade em relação ao leite de coco!

    30 Agosto, 2017 at 10:53
    • Reply raquelabel

      O leite de côco é o meu favorito! Tenta aproveitar uma promoção porque normalmente as alternativas vegetais são mais caras.. assim se não gostares sempre foi menos dinheiro 🙂

      30 Agosto, 2017 at 11:01

    Leave a Reply